Domingo, 9 de Agosto de 2009

Mudança

 

Quando o meu corpo diz para parar, eu acelero o ritmo e desrespeito-o. Quando o meu espírito, de forma apaziguadora e estranhamente luminosa, envia mensagens de paz e da necessidade de acreditar que me estou a afundar, eu não as leio.

 

Raquel, você está doente!

 

Mas que mentira é essa?Querem-me assustar?

 

 

Foi o inimigo que o enviou para me fazer abrandar e poder-me ultrapassar?Que mentira é essa, diga-me?

 

Raquel, foste avisada para parar.Tu não paraste.

Foste avisada para te ouvires.Tu não ouviste.

Foste avisada para te respeitares.Tu não respeitaste.

 

Posso fazê-lo agora? - pergunto, assustada.

 

 

Podes - respondeste - Urge a mudança e a libertação da tua luz interior.

 

Onde está ela?É de noite?Ou sou eu que não a consigo vêr em plena claridade do dia?

 

Tu podes transformar-te em amor - disseste-me, acalmando-me.

O amor faz renascer.O amor transforma-te. O amor cura.

 

 

 

 

publicado por raquelstp às 23:06

link do post | comentar | favorito
|

.Ora,eu sou:

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.posts recentes

. A vida sente-se na pele!

. Objecto pouco (ou nada) a...

. Quase morte...

. Pergunto-me...

. ...

. ...

. Gosto de ti...

. Chuva no molhado...

. S.O.S ajuda...

. Batatas fritas com chanti...

.arquivos

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds