Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Gosto de ti...

Histórias de amor...de loucura...de exaustão de emoções.Histórias de intensa paixão, de cartas escritas à mão, palavras que querem dizer "Gosto de ti...Gosto muito de ti..."Noites de insónias deliciosas, só porque não consigo deixar de sentir o desejo de estar contigo...Quero-te nas minhas cartas de amor, nas minhas baladas de amor, nos meus sonhos repletos de romance e intensa paixão.Quero-te porque gosto de ti...

 

Gosto de ti...Gostas de mim?

 

Sentimentos cavalgantes...num coração excitado só porque penso em ti.Porque te desejo, um desejo adolescente de partilhar contigo uma pastilha com sabor a menta, a morango...a nós. Um desejo ardente porque te quero! Quero-te porque gosto de ti...gosto muito de ti...

publicado por raquelstp às 18:55

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

Chuva no molhado...

 

 

Inquieto-me tanto com a mudança...mudança de cidade...de emprego...de estação do ano...de pele!

Não consigo negar que mudar implica renascer, restruturar-me, esboçar-me de novo para que, depois de me deixar chorar até secar, consiga manter-me pintada de colorido,na mesma tela de sempre.Confesso que me magoa perder o sol por uns tempos e regressar ás origens, aos dias de tempestade, de vento imparável.

publicado por raquelstp às 21:16

link do post | comentar | favorito

S.O.S ajuda...

O que dizer quando nos encontramos dispersos por entre emoções e indecisões tão díspares que não conseguimos encontrar a mesma morada de sempre?

O que fazer quando, o que os outros esperam de nós, tenta combater o mais intimo e especial do nosso coração?

O que será mais essencial?

O que me tornará mais realizada?

 

O que me fará sentir na mesma morada de sempre?No mesmo cantinho do coração?Na infindável clareza que só se torna em escuridão quando os outros me obrigam a passar para lá da fronteira entre o justo e desejavel?

 

O que fazer...quando não sei o que decidir?

sinto-me:
publicado por raquelstp às 21:01

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Agosto de 2009

Batatas fritas com chantilly...

Que mundo estranho é este?

Onde o ordem se cumpre na barunfa dos outros e na curta distância das janelas num escuro bairro de um sítio qualquer?

sinto-me:
publicado por raquelstp às 21:52

link do post | comentar | favorito

Estado de espírito...

O sol brilhou com intensidade!Esteve muito calor...o que já me irrita!Sou mais um espírito de Outono, o que se torna perigoso uma vez que é essa a estação do ano com uma relação mais íntima com a intrigante depressão sazonal. Saí para os ofícios rotineiros.Fiz má cara quando senti suor a escorrer pelas costas.
 

"Está mesmo calor..." e eu vestida de preto.Não dizem que a cor que vestimos traduz o nosso estado de espírito?Então...hoje, acertei na cor!


"Mas não tenho razões para tanto desconforto mental...!" Pois...se tudo tivesse resposta, os cientistas ficavam no desemprego!Que chatice, nunca mais chove.

 

Quando chove, senhores metereologistas?

publicado por raquelstp às 21:08

link do post | comentar | favorito

Beijar faz bem à saúde!

O beijo tem muito que se lhe diga! Só os músculos que trabalhamos quando damos um beijo...assim daqueles mais deliciosos...


Meninas!Ao ataque! Qual ginásio, qual carapuça!Esqueçam as passadeiras rolantes, as bicicletas nas quais pedalam...pedalam...e nunca abandonam a sala de cardio!Calçem o vosso sapato de salto alto e corram até ao instrutor de ginástica mais porreiro e digam-lhe, com toda a certeza de uma mulher que deseja tonificar o corpo...que o querem beijar!Importa lá uma jóia de inscrição elevada ou o esforço de acordar cedo para o ver fresquinho logo pela manha...O que interessa é, única e exclusivamente, a vossa saúde!Beijar faz bem à saúde!

sinto-me:
publicado por raquelstp às 20:32

link do post | comentar | favorito

Lembram-se?

"Queria um pão com manteiga...e uma meia de leite bem cheia...mas não muito quente...mas não muito quente...se faz favor...se faz favor...se faz favvvvvooooooooooooorrrrrrrrrrrrrr!!"


Lembram-se desta publicidade, de uma rádio?Já lá vão uns anitos.

 

Bem, já não me divertia assim com um spot publicitário há imenso tempo!!Pura boa disposição...Uma gargalhada espontânea...saiu! Melhor, só em duplicado! Sou adepta do humor simples, sem artefactos, sem complicações.

Quem olhasse para mim,dentro do carro, em plena gargalhada, lá pensava..."Coitadita da moçinha...a senilidade chegou-lhe cedo!"Mas foi irresistivel!


Se algum vez a ouviram, sabem que tenho toda a razão...

 


publicado por raquelstp às 20:22

link do post | comentar | favorito

Sonho, mas pouco.

Em tempos quis ser cantora.

 

Cantora de palco, vibrante de luzes intensas e alvo de aplausos infindáveis.Treinava no duche, no quarto, no duche novamente...e até na garagem do prédio, só para conseguir ouvir a minha voz num outro volume, convenientemente chamado de ECO. A voz era doce e amena, sem desafio a outras mais agudas detentoras de Sis perfeitos.

 

Mãe, quero ser cantora...ou pelo menos tentar!

 

Na timidez do meu mundo, conquistei o mundo desinibido dos outros!E por meses, que mais pareceram minutos, soube o que era palrar quando todos os outros já sabiam cantar.

 

Pai, quero ser uma estrela...ou pelo menos uma pequenina parte da constelação!

 

Com a bravura que só eu conseguia identificar, aprendi a caminhar entre pautas de música em composição, que pareciam feitas só para mim...para a minha voz. Cantei e dançei um palco de coliseu e amei cantarolar músicas de Verão em palcos de arraial. Mas como os sonhos, ou assim assim, se desfazem, que nem nevoeiro, quando não são abraçados de espada e armadura, o meu não foi excepção.

 

O sonho comanda a vida...por inteiro ou em pedaçinhos de lembranças agridoces.

Hoje, sou eu quem escreve as pautas de músicas, quem pinta a clave de sol. Alimento-me desta recordação.

 

Mãe, lembraste de eu dizer que queria ser cantora?

 

 

 

publicado por raquelstp às 10:07

link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Agosto de 2009

Mudança

 

Quando o meu corpo diz para parar, eu acelero o ritmo e desrespeito-o. Quando o meu espírito, de forma apaziguadora e estranhamente luminosa, envia mensagens de paz e da necessidade de acreditar que me estou a afundar, eu não as leio.

 

Raquel, você está doente!

 

Mas que mentira é essa?Querem-me assustar?

 

 

Foi o inimigo que o enviou para me fazer abrandar e poder-me ultrapassar?Que mentira é essa, diga-me?

 

Raquel, foste avisada para parar.Tu não paraste.

Foste avisada para te ouvires.Tu não ouviste.

Foste avisada para te respeitares.Tu não respeitaste.

 

Posso fazê-lo agora? - pergunto, assustada.

 

 

Podes - respondeste - Urge a mudança e a libertação da tua luz interior.

 

Onde está ela?É de noite?Ou sou eu que não a consigo vêr em plena claridade do dia?

 

Tu podes transformar-te em amor - disseste-me, acalmando-me.

O amor faz renascer.O amor transforma-te. O amor cura.

 

 

 

 

publicado por raquelstp às 23:06

link do post | comentar | favorito

...

 

 

Posso estar contigo?

publicado por raquelstp às 02:46

link do post | comentar | favorito

.Ora,eu sou:

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.posts recentes

. A vida sente-se na pele!

. Objecto pouco (ou nada) a...

. Quase morte...

. Pergunto-me...

. ...

. ...

. Gosto de ti...

. Chuva no molhado...

. S.O.S ajuda...

. Batatas fritas com chanti...

.arquivos

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds