Domingo, 6 de Setembro de 2009

Quase morte...

Como lidas com a morte?

 

Bem, claro!Sou distante o suficiente para não me envolver!Eu sou vida...

 

Estavas enganada.

 

Um corpo desfigurado, uma alma inquieta porque não parte em silêncio e porque o mundo terreno insiste em provocar-lhe tormento...até ao último minuto...até ao último suspiro...até à primeira gota de sangue...até a porta se abrir e insistir que ela entre.

 

Já pertences a mim!Anda!

 

Mas nós insistimos...e provocamos mais angustia...mais manobras dolorosas já num corpo dorido...por pouco, inanimado...sobrevivido!

 

E tu, sobreviveste à morte dela?

 

Sim...num corpo vivo mas numa alma que por momentos a acompanhou...que por momentos, se sentiu alvo de todas aquelas intervenções supérfulas e inchadas de NÃO VALE A PENA...

 

Porque a alma dela já foi, já não está entre nós...a minha, quase, que foi na mesma viagem...O meu coração permaneceu...dorido, por pouco, inanimado...sobrevivido!

publicado por raquelstp às 20:11

link do post | comentar | favorito

.Ora,eu sou:

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.posts recentes

. A vida sente-se na pele!

. Objecto pouco (ou nada) a...

. Quase morte...

. Pergunto-me...

. ...

. ...

. Gosto de ti...

. Chuva no molhado...

. S.O.S ajuda...

. Batatas fritas com chanti...

.arquivos

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds